Blogue do Maia de Carvalho

POR TRÁS DE CADA GRANDE FORTUNA HÁ UM CRIME. Honoré de Balzac

quarta-feira, agosto 01, 2007

Escapadinhas









Agora que já estou naquela situação de fazer apenas o que me apetece e quando me apetece, saio muitas vezes ao longo do ano para os locais do nosso país que ainda não conheço e quero conhecer.

Os destinos exóticos não me cativam por excessivamente longínquos e pouco atraentes para a minha necessidade de sossego e paisagens tranquilas e tranquilizadoras em que Portugal é rico.

Depois tenho uma fobia doentia de viajar de avião e a muitos desses destinos só se chega por via aérea. Ser feito refém de fanáticos do oriente, mais ou menos próximo, ou vítima de balas ou facas de facciosos ocidentais sedentos de dinheiro, não me agrada nada, prefiro o meu país pachorrento de gente que ainda diz “até amanhã se Deus quiser”.

Claro que durante essas viagens nem sempre se tem ligação à Internet, por muito que os governantes em sessões mais ou menos encenadas mais ao menos teatrais digam o contrário. Daí os tão repetidos dias sem textos no meu blogue. Além, claro está, daquela preciosa qualidade que partilho com os artistas: - a Preguiça!

Desta vez estive no Alto Minho e Galiza.

Etiquetas: , , ,

2 Comments:

At 11:11 da manhã, Blogger Sophis said...

Professor, esse é o meu "sonho de consumo". E partilho dessa ideia sobre o nosso país. Lá fora tb há coisas muito belas. É uma pena não estarem ali ao lado, para lá podermos ir de autocarro, de comboio...
Até amanhã, se Deus quiser.

 
At 1:36 da tarde, Blogger MCA said...

Totalmente de acordo. Alfacinha de gema, graças a essa mentalidade, já recebida dos meus Pais, conheço melhor o país do que a maioria dos lisboetas da minha geração.

 

Enviar um comentário

<< Home