Blogue do Maia de Carvalho

POR TRÁS DE CADA GRANDE FORTUNA HÁ UM CRIME. Honoré de Balzac

terça-feira, setembro 07, 2010

Só mesmo vinda de uma criança..


A minha filha Raquel mandou-me esta história por correio electrónico que eu achei amoroso em máximo grau.

Artigo redigido por uma menina de 8 anos e publicado no Jornal do Cartaxo.Uma delícia!
«Uma Avó é uma mulher que não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros. As Avós não têm nada para fazer, é só estarem ali. Quando nos levam a passear, andam devagar e não pisam as flores bonitas nem as lagartas. Nunca dizem 'Despacha-te!'. Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem apertar-nos os sapatos. Sabem sempre que a gente quer mais uma fatia de bolo ou uma fatia maior. As Avós usam óculos e às vezes até conseguem tirar os dentes. Quando nos contam historias, nunca saltam bocados e nunca se importam de contar a mesma história várias vezes. As Avós são as únicas pessoas grandes que têm sempre tempo. Não são tão fracas como dizem, apesar de morrerem mais vezes do que nós.
Toda a gente deve fazer o possível por ter uma Avó, sobretudo se não
tiver Televisão.»

Etiquetas: , , , ,

1 Comments:

At 8:33 da tarde, Blogger Bia said...

Que MARAVILHA ser AVÓ!!!
Este olhar atento das crianças vê coisas que mais ninguém tem tempo para ver...Adorei. Ainda bem que existes e ainda por cima és meu AMIGO!!

 

Enviar um comentário

<< Home